Blog Widget by LinkWithin

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Cronologia 2010 a 2020

Este registro será atualizado de acordo com os acontecimentos.
Agradecemos as contribuições

2010

14 de junho - Morre no Recife a professora Alzira Rocha Cavalcanti que, em 1960, fundou o Externato Santa Inês, em Palmares.
18 de junho - enchente dos rios Una e Piranji abalam a cidade.
14 de julho - Morre o ex-prefeito Antonio de Almeida Melo
Faleceu na cidade do Recife-PE, o Ex-Prefeito Antonio de Almeida Melo, 69 anos, o qual foi Prefeito por um mandato de 1976 á 1982 na cidade de Palmares-PE.
Antonio de Almeida Melo, chamado popularmente de " O Gaguinho", era querido por muitos na cidade de Palmares-PE.
Desde muito tempo, o Ex-Prefeito estava enfrentando sérios problemas de saúde e encontrava-se internado no Hospital Esperança, na cidade do Recife-PE .
O corpo foi velado na Igreja Matriz da Assembléia de Deus, localizada na Rua Sebastião Paulino dos Santos, s/n, centro – Palmares-PE.
O sepultamento ocorreu às 15 horas no cemitério Parque das Palmeiras, em Palmares
23 de agosto - morre elizete Rocha Koury, mãe de Jussara Koury.

24 de agosto - morre, aos 85 anos, Dom Acácio Rodrigues Alves, bispo emérito de Palmares.
Dom Acácio morreu de parada cardíaca – ele estava internado há um mês no Hospital Português do Recife.
Ele foi bispo de Palmares durante 38 anos, entre 1962 e 2000, sendo o primeiro bispo da cidade. O velório aconteceu em Palmares e o enterro em Gameleira, às 10h do dia 25 de agosto.

Continue lendo...

segunda-feira, 12 de julho de 2010

E o rio levou

 Outrora foste, Palmares, soberba, linda e ditosa...


Município dos Palmares na Mata sul

Dezoito de junho de 2010. Este dia entrou para nossa história de um modo desastroso. Nove dias após a festa de comemoração dos 131 anos de emancipação política do município, 'os seus dois rios: Una e Piranji', em fúria avassaladora, cobriram o centro da cidade de lama e dejetos.

A natureza nos retorna o que a ela fizemos.



O centro comercial, bancos, Biblioteca Pública Fenelon Barreto, Cine Teatro Apolo (reinaugurado em 9 de junho de 2010), Praça Ismael Gouveia, o Palácio do Bambu (sede da Prefeitura Municipal), Praça Paulo Paranhos, ruas, avenidas, residências... cobertos, destruídos.

Vidas se foram, na agonia do subir das águas.

Nossos irmãos, Nossa história, Nossa Identidade Cultural.

Palmares chora!
Palmares agoniza!

Continue lendo...

Topo da página