Blog Widget by LinkWithin

sábado, 1 de agosto de 2009

Cronologia V – de 1921 a 1930

1921- O Major MANOEL ALVES DE MIRANDA VAREJÃO é eleito presidente da câmara Municipal.
Ascenso Ferreira contrai matrimônio com Maria Stela de Barros Griz, filha do poeta e funcionário fiscal Fernando Griz.

1922- Dr. Ismael Gouveia é eleito prefeito dos Palmares.
Assume a Presidência da câmara Municipal PEDRO MARTINS BRAGA.
É assassinado o ex-prefeito de Palmares, então Senador da República, Dr. FAUSTO FREIRE DE CARVALHO FIGUEIREDO.

1923- 15 de novembro. MIGUEL JASSELLI inicia-se Maçom na Loja Ressurreição Pernambucana.

1924- Dr. Paulo Paranhos é eleito Prefeito de Palmares.
É publicado o jornal A LUTA.
18 de fevereiro. É fundado o COLÉGIO NOSSA SENHORA DE LOURDES, por Frei Caetano de Messina.

1925- 9 de abril. Nasce em Garanhuns – PE, DOM ACÁCIO RODRIGUES ALVES primeiro Bispo de Palmares, que assumiu a Diocese em 25 de setembro de 1962.
Assume a Presidência do Legislativo Dr. GASTÃO DE FRANÇA MARINHO. Neste Período, Dr. Pedro Afonso de Medeiros exerce o cargo de 1º Secretário e o jornalista Letácio Montenegro assume a Presidência, que se prolongou até 26 de agosto, quando foi sucedido por Pedro de Araújo Cavalcanti, até 1928.

1926- Dr. PEDRO AFONSO DE MEDEIROS é eleito Prefeito de Palmares.
No mês de março é publicada a primeira revista palmarense: REVISTA DE PALMARES, sob a responsabilidade de Fenelon Barreto. Neste mesmo mês, Dr. Carlos Rios, convidado pelo Sr. Osvaldo Santiago, publicam a revista RUA NOVA.
ASCENSO FERREIRA participa do Congresso Regionalista do Nordeste, realizado em Recife, no qual, entre outros poemas de sua autoria, recita Samba, Sertão, Catimbó, Gata Borralheira e Palmares.

1927- Vicente Wanderley ( Marquês de Sade ) e Alfredo Belo Filho ( João Pega Tudo), no mês de março publicam o periódico humorístico, datilografado, O REPÓRTER.

1928- Miguel Jasselli funda o colégio O ATENEU PALMARENSE.

1929- 13 de maio. É fundada a LOJA MAÇÔNICA FRATERNIDADE PALMARENSE Nº 1, sendo seu venerável Mestre EDMUNDO OSMUNDO CAVALCANTI.

1930- Miguel Jasselli é eleito Venerável Mestre da Fraternidade Palmarense nº 1.
Dr. Pedro Afonso de Medeiros inaugura o edifício do Fórum, na Praça do Maurití.
17 de novembro. Eduardo Paiva, na gestão do Secretário da Fazenda, Dr. Edgar Teixeira Leite, é nomeado Coletor Estadual em Palmares.
Cleómenes Siqueira Granja, Antonio de Lima Cavalcanti e o Dr. Severino Vieira César alternam-se na Presidência do Legislativo. Com este último, o padre Abílio Américo Galvão é o 1º Secretário. Entre outros, como parlamentares, estão Zenóbio da Cunha Melo, o poeta Raimundo Alves de Souza e Benigno de Barros.

 

Fonte: arquivo da Câmara Municipal
Aceitamos colaboração para completar esta cronologia.

Seja o primeiro a comentar!

Topo da página