Blog Widget by LinkWithin

domingo, 16 de agosto de 2009

Cronologia VI – de 1931 a 1950

1931- Miguel Jasselli funda a primeira organização de caráter cultural e artístico: SOCIEDADE DE CULTURA. No mesmo prédio funcionava seu escritório de advocacia. A Sociedade de Cultura tinha como freqüentadores e sócios assíduos, entre outros, o jornalista Vicente Wanderley - um dos fundadores do jornal- O REPÓRTER - e Letácio Montenegro, fundador e responsável do jornal A NOTICIA ; os poetas Fenelon Barreto, Raimundo Alves de Souza e Manoel Alves Peixoto, na época prefeito. Cléomenes Siqueira Granja, um dos ex-presidentes da Câmara Municipal, e Dr. Severino Vieira César, médico, na época Presidente do Legislativo. Padre Abílio Galvão, Zenóbio da Cunha Melo, Benigno de Barros e Artur Griz.
O Farmacêutico Manoel Alves Peixoto é eleito Prefeito.
Substituindo o padre Virgínio Estanislau Afonso, no mês de janeiro, assume o cargo de vigário da paróquia o padre Abílio Américo Galvão.

1932- Circulam neste ano 4 jornais: A ROSA, jornal manuscrito, confeccionado por um grupo de jovens da sociedade local, cujos principais responsáveis se escondem sob pseudônimos: PRÍNCIPE AZUL (Aristides Carneiro). PRINCESINHA DOS OLHOS VERDES (Eunice Lins) . Circulava às quintas-feiras, da mesma forma, O RIVAL e O RÁDIO. Este circulava às sextas-feiras, e finalmente, A VOZ DE PALMARES.  A Fraternidade Palmarense nº 1 elege Zenóbio da Cunha Melo seu Venerável Mestre.

1934- 2 DE JANEIRO. É publicado o jornal A CRUZADA.

1936- O Colégio Nossa Senhora de Lourdes edita o periódico bi-mensal ROCHAS DE MASSABIELLE.
6 de outubro. Nasce em Garanhuns-PE FRANCISCO DE ASSIS RODRIGUES, que viria a ser Prefeito de Palmares no período 1989-93.
A Diretoria da R.F.N. funda a Escola ASSIS RIBEIRO, sendo nomeada Diretora a Professora CARLOTA FONSECA DA COSTA MAIA. Esta escola , da Rede particular de Ensino, mediante Convênio entre a Rede Ferroviária e a Prefeitura local, em janeiro de 1957 passou à Rede Municipal de Ensino.

1939- Dr. Pedro Afonso de Medeiros, então Prefeito, inicia a construção do Hospital Regional dos Palmares, na Avenida Luiz de França.

1940- É fundada a AGÊNCIA DO BANCO DO BRASIL, na Praça Dr. Paulo Paranhos, danificada por um incêndio na década de 70, onde atualmente funciona a Predileta Shoping.

1941- 15 de novembro. É fundado o CLUBE SOCIAL DOS FERROVIÁRIOS e, simultaneamente, o CAMPO DE FUTEBOL DOS FERROVIÁRIOS, hoje ESTÁDIO OLÍMPIO DE SOUZA CRUZ.

1942- É inaugurado o TEMPLO DA IGREJA BATISTA DOS PALMARES.
2 de agosto. O Prefeito Dr. Pedro Afonso de Medeiros inaugura o HOSPITAL REGIONAL DOS PALMARES.

1943-10 de outubro. Na Rua Visconde do Rio Branco ( Rua Nova) é inaugurada a CAPELA DE SÃO SEBASTIÃO.

1944- 10 de novembro. É fundado o ABRIGO SÃO FRANCISCO DE ASSIS.

1946- São editados dois jornais: sob a direção de José Espíndola Barreto, secretariado por Manoel Alfredo dos Santos, no dia 24 de dezembro é lançado PRA VOCÊ. Benigno Lemos, Zózimo Lemos e Mário Lira publicam A BOMBA.

1947- Tendo à frente o Professor e Poeta Fenelon Barreto, em 2 de outubro é editado o periódico o CLUBE LITERÁRIO.
Editado pela Tipografia Lira, Marcomiro Junior, o poeta João de Souza Costa lançam a revista PALMIRA.
É eleito prefeito FERNANDO AUGUSTO PINTO RIBEIRO, Após 10 anos de interventoria. Com ele elegem-se entre outros, os Vereadores: Zenóbio da Cunha Melo, Luis da Rocha Leão o poeta Raimundo Alves de Souza , Manoel Paulino dos Santos, Fenelon Barreto e Dr. Severino Vieira César.
Antonio Augusto Alves Maciel Filho, Zenóbio da Cunha Melo e Luis Ferreira de Oliveira alternam-se na Presidência do Legislativo.

1948- 25 de julho. Mário C. Lira e José Freire editam o órgão litero-noticioso VOZ DE PALMARES.
É fundado o ROTARY CLUBE DOS PALMARES, sendo eleito primeiro Presidente o Dr. Mariano Vila Nova.
O prefeito Fernando Augusto Pinto Ribeiro funda o GINÁSIO MUNICIPAL, cuja direção ficou com o professor Nelson Alexandrino Lins.

1950- José Ambrósio da Silva ( Zequinha) cria a TRANSPORTADORA RIO UNA a primeira empresa de transportes coletivos de Palmares. Luiz Portela de Carvalho é eleito Venerável Mestre da Fraternidade Palmarense

Fonte: arquivo da Câmara Municipal
Aceitamos colaboração para completar esta cronologia.

Continue lendo...

sábado, 1 de agosto de 2009

Cronologia V – de 1921 a 1930

1921- O Major MANOEL ALVES DE MIRANDA VAREJÃO é eleito presidente da câmara Municipal.
Ascenso Ferreira contrai matrimônio com Maria Stela de Barros Griz, filha do poeta e funcionário fiscal Fernando Griz.

1922- Dr. Ismael Gouveia é eleito prefeito dos Palmares.
Assume a Presidência da câmara Municipal PEDRO MARTINS BRAGA.
É assassinado o ex-prefeito de Palmares, então Senador da República, Dr. FAUSTO FREIRE DE CARVALHO FIGUEIREDO.

1923- 15 de novembro. MIGUEL JASSELLI inicia-se Maçom na Loja Ressurreição Pernambucana.

1924- Dr. Paulo Paranhos é eleito Prefeito de Palmares.
É publicado o jornal A LUTA.
18 de fevereiro. É fundado o COLÉGIO NOSSA SENHORA DE LOURDES, por Frei Caetano de Messina.

1925- 9 de abril. Nasce em Garanhuns – PE, DOM ACÁCIO RODRIGUES ALVES primeiro Bispo de Palmares, que assumiu a Diocese em 25 de setembro de 1962.
Assume a Presidência do Legislativo Dr. GASTÃO DE FRANÇA MARINHO. Neste Período, Dr. Pedro Afonso de Medeiros exerce o cargo de 1º Secretário e o jornalista Letácio Montenegro assume a Presidência, que se prolongou até 26 de agosto, quando foi sucedido por Pedro de Araújo Cavalcanti, até 1928.

1926- Dr. PEDRO AFONSO DE MEDEIROS é eleito Prefeito de Palmares.
No mês de março é publicada a primeira revista palmarense: REVISTA DE PALMARES, sob a responsabilidade de Fenelon Barreto. Neste mesmo mês, Dr. Carlos Rios, convidado pelo Sr. Osvaldo Santiago, publicam a revista RUA NOVA.
ASCENSO FERREIRA participa do Congresso Regionalista do Nordeste, realizado em Recife, no qual, entre outros poemas de sua autoria, recita Samba, Sertão, Catimbó, Gata Borralheira e Palmares.

1927- Vicente Wanderley ( Marquês de Sade ) e Alfredo Belo Filho ( João Pega Tudo), no mês de março publicam o periódico humorístico, datilografado, O REPÓRTER.

1928- Miguel Jasselli funda o colégio O ATENEU PALMARENSE.

1929- 13 de maio. É fundada a LOJA MAÇÔNICA FRATERNIDADE PALMARENSE Nº 1, sendo seu venerável Mestre EDMUNDO OSMUNDO CAVALCANTI.

1930- Miguel Jasselli é eleito Venerável Mestre da Fraternidade Palmarense nº 1.
Dr. Pedro Afonso de Medeiros inaugura o edifício do Fórum, na Praça do Maurití.
17 de novembro. Eduardo Paiva, na gestão do Secretário da Fazenda, Dr. Edgar Teixeira Leite, é nomeado Coletor Estadual em Palmares.
Cleómenes Siqueira Granja, Antonio de Lima Cavalcanti e o Dr. Severino Vieira César alternam-se na Presidência do Legislativo. Com este último, o padre Abílio Américo Galvão é o 1º Secretário. Entre outros, como parlamentares, estão Zenóbio da Cunha Melo, o poeta Raimundo Alves de Souza e Benigno de Barros.

 

Fonte: arquivo da Câmara Municipal
Aceitamos colaboração para completar esta cronologia.

Continue lendo...

Topo da página